topociclo03.jpg

Palestras

Dia 09/12 (quinta-feira)

Horário: 20h00 (horário de Brasília)

Palestra com Marcio Caetano (CE)

Tema: Possibilidades de diálogo entre governo e sociedade civil para construção e manutenção de um ecossistema cultural

Sobre Marcio Caetano - Márcio é gestor, produtor e consultor de projetos e políticas culturais. Foi assessor especial da Fundação de Cultura, Esporte e Turismo de Fortaleza (2005 - 2006), Secretário Executivo de Cultura da Secretaria de Cultura de Fortaleza, presidente do Fórum Nacional de Secretários e Dirigentes de Cultura das capitais e regiões metropolitanas (2010 - 2012), membro do Conselho Nacional de Políticas Culturais do Ministério da Cultura (2010 - 2011), membro do Conselho Consultivo da Frente Parlamentar de Cultura do Congresso Federal (2011), trabalhou como Consultor Institucional da Bienal Internacional de Dança do Ceará (2013 - 2014), consultor da Secretaria Estadual de Cultura do Ceará (2015 - 2016) , foi assessor especial do Instituto Dragão do Mar (2017 - 2018) , é membro da coordenação geral do Festival Maloca Dragão desde 2014 e atualmente é Gestor Executivo de Ação Cultural do Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura.


Redes Sociais - @marcio.caetanos

Assista Aqui

Dia 10/12 (sexta-feira)

Horário - 20h00 (horário de Brasília)

 

Palestra com a Profa. Dra. Isaíra Maria Garcia de Oliveira (SP)

Tema - Pensando a cultura como eixo de desenvolvimento econômico local e regional


Sinopse - Segundo a Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (Firjan), o setor cultural é responsável por produzir 2,5% do PIB nacional, equivalente a 170 bilhões de reais. Portanto, pensar a Cultura  como um eixo de desenvolvimento econômico,  é pensar em várias atividades criativas que geram constantemente trabalho e renda para a população local e regional; além de movimentar  uma cadeia produtiva de vários segmentos geradores, também de impostos para as localidades.

Sobre Isaíra:

  • Pós Doutorado em Comunicação e Consumo pela ECA/USP - São Paulo

  • Doutorado em Artes pela Unicamp - Campinas/SP

  • Mestrado em Hospitalidade pela Universidade Anhembi Morumbi/São Paulo

  • Pós Graduação em Docência em Turismo e Hotelaria para Ensino Superior pela Faculdade Senac de Turismo e Hotelaria / São Paulo

  • Graduada em Comunicação Social, com habilitação em Publicidade e Propaganda pela FAAP – Faculdade Armando Álvares Penteado/SP

  • Licenciatura em Comunicação Social pela FATEC/São Paulo

  • Técnica em Turismo, com habilitação pelo Ministério do Turismo como Guia Regional, Nacional e América do Sul pelo SENAC/SP

  • Pós Graduação em Neurociência e Comportamento / PUC Rio Grande do Sul/ Porto Alegre ( em andamento)

  • Curso de aprimoramento "Serviços de Qualidade" no Disney Institute (Orlando/EUA)

  • Foi presidente da comissão do edital do PROAC Festivais da Secretaria do Estado da Cultura  de São Paulo em 2016 

  • Participou da produção e organização do espetáculo de múltiplas linguagens (dança, teatro, música) “Resignificando sonhos”, em comemoração aos 10 anos da ETEC de Artes de São Paulo no Teatro Sérgio Cardoso/SP - 2018 

  • Participou como palestrante falando sobre “Mercado do Entretenimento” no evento ED2021

  • Participou como palestrante do “Ciclo de Conversas: Teatro digital - Afinal, quem assiste? do FESTARA de Araçatuba – 2020

  • Além de participar de inúmeras lives falando sobre Formação de Público de Arte(música e dança), Entretenimento e Produção e logística de espetáculos, entre outros.

  • Autora dos livros:

  • Livro – “Fãs e Artistas: Relações de Amor e Consumo” – Editora Brazil Publishing -– Curitiba – 2019

  • Livro: “Produção executiva : Logística de shows e eventos artísticos”- São Paulo – editora Escrituras, 2016

  • Livro - “Recepção em Dança – O especialista e o espectador” – Curitiba – Editora Prismas, 2016

  • Livro - "Hospitalidade em shows de Música - um estudo  sobre as relações  entre profissionais de bastidores, artista e espectador nas casas de espetáculos" - .São Paulo - Editora Laços, 2012

  • Capítulo 1 - Eventos Artísticos - do papel aos palcos. In: Planejamento, organização e sustentabilidade em eventos - culturais, sociais e esportivos. Marlene Matias (org.). São Paulo - SP. Editora Manole, 2011

 

Redes Sociais:

isairagoliveira@uol.com.br
https://www.facebook.com/isaira.oliveira
https://www.facebook.com/isairagoliveira/
Instagram : @Isairagoliveira

Assista Aqui

Romilda1.png

Mediação das Palestras

Romilda Pizani (MS)

Sobre Romilda Pizani - Educadora Social, Coordenadora do Fórum Permanente das Entidades do Movimento Negro MS, Vice presidente do Conselho Estadual de Cultura, Conselheira Municipal dos Direitos do Negro, integrante da diretoria executiva do grupo Tez- Trabalho e Estudos Zumbi, representante Estadual da CONEN- Coordenação Nacional das Entidades Negras, integrante do TGR-Teatral Grupo de Risco.

Oficinas

DIAS 11/12 e 12/12 (sábado e domingo) 

Horário: 10h00 às 13h00 (horário de Brasília)

Oficina "Captação de Recursos para projetos culturais” com Daniel Leão (CE)


Sinopse – O curso abordará temas fundamentais para a estruturação da atividade de captação de recursos para uma produtora, grupo, coletivo ou espaço cultural. Neste curso os participantes aprenderão como organizar a atividade de captação durante o ano todo, como elaborar materiais de captação, realizar o planejamento e o agendamento das atividades de captações, sejam via ação direta, editais, financiamentos institucionais, etc.

Sobre Daniel Leão - Pernambucano e residente em Fortaleza, Daniel atua nas áreas de Captação de Recursos , Planejamento Estratégico de Captação de Recursos e Investimento Social Privado, Elaboração e geração de indicadores sócio econômicos, e de performance de projetos, Coordenação de Projetos, Plano de Mídia e Comunicação para Captação de Recursos, Informática e Tecnologia e Plano Organizacional Funcional e por Processos.  Após algum tempo atuando na captação, e com a influência da ABCR – Associação Brasileira de Captadores de Recursos, desenvolve suas atividades unindo seu aprendizado na área comercial (geração de relacionamentos) às necessidades do terceiro setor (financiamento com identificação da causa, sustentabilidade e continuidade dos investimentos). Atualmente é consultor de projetos e captador de recursos a partir do 1) assessoramento de  ongs e proponentes, pensando em como implantar metodologia e práticas de captação de recursos, para os mais diversos segmentos de captação (empresas privadas, governo, isenção fiscal, convênios, fundações internacionais, pessoa física, etc), criando assim um portfólio completo de atuação e investimento, e (2) assessorando empresas privadas a criar uma estratégia de investimento social privado, alinhando o potencial de investimento (via leis de incentivo, via marketing direto) com a adesão às causas sociais, gerando assim relacionamento com os projetos investidos a partir dos benefícios gerados pelos dois (investidor e proponente), tornando o investidor também como protagonista do benefício social gerado. 


Site - https://linktr.ee/danielmendesleao

DIAS 11/12 e 12/12 (sábado e domingo)

Horário: das 15h00 às 18h00 (horário de Brasília) 

Oficina “Mecanismos de Fomento - Linha Histórica e suas Aplicações” com Leonardo Hernandes (DF)

 

Sinopse - A oficina irá apresentar como caminhou o financiamento das artes e da cultura partindo da Grécia até os dias atuais com a entrada do Estado como fomentador. A apresentação dessa linha histórica será demonstrada como se articularam os interesses dos financiadores e a busca por autonomia pelos artistas. Chegando nos atuais mecanismos serão abordados todos os diversos mecanismos de fomento e como eles podem compor uma carteira para ampliar a visão dos participantes sobre as possibilidades de fontes de recursos.

Será realizada uma dinâmica onde os participantes apresentarão seus projetos e será analisado todas as possibilidades de financiamentos possíveis.

Sobre Leonardo - Leonardo Hernandes é formado em Gestão de Políticas Públicas e Mestre em Desenvolvimento, Sociedade e Cooperação Internacional pela Universidade de Brasília tendo os estudos culturais como seu objeto de pesquisa acadêmica.  Integra o Observatório de Políticas Culturais do CEAM-UnB. Foi Subsecretário de Fomento da Secretaria de Cultura do DF entre 2011 e 2014 responsável pelo Fundo de Apoio à Cultura - FAC tendo realizado 34 editais que somaram 174 milhões em fomento. Assumiu, em 2015 a Diretora de Gestão de Mecanismos de Fomento do MinC sendo responsável pelo Fundo Nacional de Cultura e o Vale-Cultura. Com essa trajetória nas políticas de fomento articulou a Rede Nacional de Gestores de Fomento e foi o idealizador e  realizador do I Encontro Ibero-Americano Fomento à Cultura. Foi presidente da ONG Artéria, Cultura e Cidadania em 2008/9, onde realizou o projeto "Cartografia da Cultura Candanga" que foi habilitada como Ponto de Cultura Rede Candanga no DF. Jurado do Prêmio Rodrigo Mello Franco, IPHAN, em 2013/14. Trabalhou na Funarte Brasília como Gerente de Promoção em 2005/6 quando criou a Rede de Gestores de Espaços Culturais de Brasília e articulou a Rede e Brasil Central, que mobilizava os gestores culturais públicos do Centro-Oeste. Como consultor do Ministério da Cultura compôs a "Caravana do Sistema Nacional de Cultura" para a implementação do Sistema Nacional de Cultura em 4 capitais. Foi produtor do Jogo de Cena, tradicional evento cultural brasiliense por 8 anos com o patrocínio da Caixa Cultural. Sua trajetória na cultura teve início como ator em 1991 no Grupo A Culpa é da Mãe (atual Melhores do Mundo) e atuou em mais de 15 espetáculos de teatro e dança. Tem uma longa carreira no audiovisual como ator de TV e Cinema. 

Atualmente é Diretor do Instituto Bem Cultural – IBC, entidade por onde atuou como Secretário Executivo do Programa Território Criativo, iniciativa voltada para a capacitação e consultorias em economia criativa em parceria com a Garimpo de Soluções e foi Coordenador Geral da gestão e programação compartilhada do Espaço Renato Russo 508 Sul, no período de 2018 a 2020. Em 2019 assumiu a Coordenação Administrativa e Financeira do Programa Museu Educativo, projeto de mediação cultural para o Museu Nacional da República desenvolvido pelo IBC. É também criador e Produtor Executivo da Bebe Lume Produções Audiovisuais Ltda.

 

Redes Sociais

Twitter: @leohernandes

Instagram: @leohernandes @bebelume 

Facebook: https://www.facebook.com/gestaoemcultura